Suicídio e o silêncio que permite que ele continue acontecendo

O barulhinho do Whatsapp soou perto das 10h. Era um amigo dizendo que uma amiga em comum havia se matado. O aperto no peito foi imediato. Por circunstâncias da vida, eu havia perdido o contato com ela há alguns anos. Ainda nos seguíamos nas redes sociais. E só. Mas, confesso, foi inevitável pensar que, caso […]